BEM-VINDOS!!!

"Por que Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas"
Sejam bem-vindos ao meu blog e que o Senhor abençoe a todos!!

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

De volta...



oi amados,

Depois de muitos dias afastada do meu blog estou passando por aqui pra deixar um abraço a todos os amigos queridos que me seguem.
Estou vivendo dias de muita intensidade e correria....mas é muito bom!
Deus tem sido fiel e sei que vai cumprir tudo o que prometeu!
Deus é maravilhoso!
Não tenho palavras para descrever o quanto Ele tem sido bondoso e misericordioso!
Deus abençoe a todos....prometo que vou passar mais tempo por aqui...rsrs
fiquem na paz do Senhor!
E vitória em Cristo pra tua vida!


segunda-feira, 6 de junho de 2011

Semaninha de folga....graças a Deus!




Olá meus queridos,


Depois de uns dias de extrema correria, hoje eu e a Dudinha vamos pra um merecido descanso de uma semaninha no RJ!

Tenho uma agenda pra cumprir na sexta-feira em Magé/RJ (60km do Rio) e vamos aproveitar pra passear um pouquinho na casa da minha irmã em Niterói!

Que delícia!O Senhor é bom e preparou esse momento pra nós....na sexta o marido nos encontra lá com o pessoal da Banda Damares e vai ser bênção pura!

Então....vamos nos falando e que vcs tenham uma semana vitoriosa em nome de Jesus!

grande abraço,

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Semear e colher!




Semeadura e Colheita

Amados, hoje o meu devocional me chamou a atenção para esse assunto tão sério!
Sejam abençoados como eu fui nessa manhã de sexta-feira!

O que precisamos fazer para acontecerem os sinais e o mover poderoso do Espírito Santo em nosso meio?
Urge primeiramente atentarmos para a necessidade de oração, do testemunho e da pregação do Evangelho do Reino de Deus. Ao assim fazermos, o Senhor coopera conosco e confirma a palavra que pregamos, que semeamos, por meio da operação de sinais e maravilhas que se seguem - Mc.16:20; At. 9:31; Mt 7:13,14; Lc. 9:60-62, 14:33.
Ao semearmos, encontraremos todos os tipos de terra, que são as pessoas e seus corações - Mc. 4:1-9. O nosso objetivo é encontrar a terra boa. O objetivo maior de todo o capítulo 4 do Evangelho segundo Marcos, é o de como semear a Palavra para que produza cem vezes mais - Mc. 4:14-20.
Tudo começa com oração, obediência e semeadura - At. 10:29,30. Necessitamos semear onde quer que formos. Na condução, no trabalho, na escola e faculdade. Precisamos conversar entre nós sobre a Palavra, compartilhar e memorizar textos completos. Para que serve a Palavra recebida se ela ficar escondida para sempre? Todos podem produzir a cem por um. Qualquer um que tenha ouvido para ouvir, ouça.
Qualquer que ouve pode ter mais (Mc. 4:21-25).
São bem-aventurados os que ouvem a Palavra de Deus e a guardam (Lc. 11:28). A fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus (Rm 10:17). Tem que existir um início. Alguém tem que semear. Todos da parábola podiam ter mais. Todos ouviram, porém reagiram diferentemente. Mas, o importante é que todos ouviram.


Todo o Reino de Deus está baseado no Princípio:
Semear para produzir cem vezes mais. Significa que nem sequer temos que entender como isto acontece. Com certeza, o que for semeado vai crescer de maneira grandiosa (Mc. 4:26-29, 30-32), operando por este princípio: fé, obras de cura, obras de arrependimento e salvação, discipulado, finanças, obras de socorro, etc. A Palavra de Deus é VIDA.
Quando semeamos a palavra, ela cresce; não sabemos como, mas acontecerá. É tão importante semear que Paulo até admite que isto seja feito ainda que por inveja e contenda. O poder está na Palavra de Cristo e cada um vai dar conta de si mesmo diante do Senhor - Fp. 1: 15-18. A Fé, para ser aumentada, tem que ser semeada como semente (mostarda) - Lc. 17:5,6. A palavra de salvação produzirá salvação; dons produzirão manifestação dos dons, etc.


Vamos colher na proporção da semeadura.
É um principio geral. Deus é quem dá a semente ao semeador e é Ele quem multiplica os frutos da sementeira - II Cor. 9:6,10. Através da semeadura, os ministérios do corpo são ativados. A semeadura da Palavra, em oração e obediência, será sempre acompanhada do mover do Espírito Santo, dos sinais e das operações de Deus - I Cor. 12:28, At. 10:44-46.



sexta-feira, 22 de abril de 2011

A Morte de Jesus!!!








A MORTE DE JESUS

Quando li este relato, fiz questão de transcrevê-lo, pois é impressionante e vale a pena conhecer o parecer e o descrever de um médico sobre a morte de Jesus. Relato aqui a descrição das dores de Jesus feita por um grande estudioso francês, o médico Dr. Barbet: dando a possibilidade de compreender realmente as dores de Jesus durante a sua paixão. "Eu sou um cirurgião, e dou aulas há algum tempo. Por treze anos vivi em companhia de cadáveres e durante a minha carreira estudei a fundo anatomia. Posso, portanto escrever sem presunção." Jesus entrou em agonia no Getsemani - escreve o evangelista Lucas - orava mais intensamente. "E seu suor tornou-se como gotas de sangue a escorrer pela terra". O único evangelista que relata o fato é um médico, Lucas. E o faz com a precisão dum clínico. O suar sangue, ou "hematidrose", é um fenômeno raríssimo. Se produz em condições excepcionais: para provocá-lo é necessário uma fraqueza física, acompanhada de um abatimento moral violento causado por uma profunda emoção, por um grande medo. O terror, o susto, a angústia terrível de sentir-se carregando todos os pecados dos homens devem ter esmagado Jesus. Tal tensão extrema produz o rompimento das finíssimas veias capilares que estão sob as glândulas sudoríparas, o sangue se mistura ao suor e se concentra sobre a pele, e então escorre por todo o corpo até a terra.

Conhecemos a farsa do processo preparado pelo Sinédrio hebraico, o envio de Jesus a Pilatos e o desempate entre o procurador romano e Herodes. Pilatos cede, e então ordena a flagelação de Jesus. Os soldados despojam Jesus e o prendem pelo pulso a uma coluna do pátio. A flagelação se efetua com tiras de couro múltiplas sobre as quais são fixadas bolinhas de chumbo e de pequenos ossos.

Os carrascos devem ter sido dois, um de cada lado, e de diferente estatura. Golpeiam com chibatadas a pele, já alterada por milhões de microscópicas hemorragias do suor de sangue. A pele se dilacera e se rompe; o sangue espirra. A cada golpe Jesus reage em um sobressalto de dor. As forças se esvaem; um suor frio lhe impregna a fronte, a cabeça gira em uma vertigem de náusea, calafrios lhe correm ao longo das costas. Se não estivesse preso no alto pelos pulsos, cairia em uma poça de sangue.

Depois o escárnio da coroação. Com longos espinhos, mais duros que aqueles da acácia, os algozes entrelaçam uma espécie de capacete e o aplicam sobre a cabeça. Os espinhos penetram no couro cabeludo fazendo-o sangrar (os cirurgiões sabem o quanto sangra o couro cabeludo).

Pilatos, depois de ter mostrado aquele homem dilacerado à multidão feroz, o entrega para ser crucificado. Colocam sobre os ombros de Jesus o grande braço horizontal da Cruz; pesa uns cinqüenta quilos. A estaca vertical já está plantada sobre o Calvário.

Jesus caminha com os pés descalços pelas ruas de terreno irregular, cheias de pedregulhos. Os soldados o puxam com as cordas. O percurso é de cerca de 600 metros. Jesus, fatigado, arrasta um pé após o outro, freqüentemente cai sobre os joelhos. E os ombros de Jesus estão cobertos de chagas. Quando ele cai por terra, a viga lhe escapa, escorrega, e lhe esfola o dorso.

Sobre o Calvário tem início a crucificação. Os carrascos despojam o condenado, mas a sua túnica está colada nas chagas e tirá-la é atroz. Alguma vez vocês tiraram uma atadura de gaze de uma grande chaga? Não sofreram vocês mesmos esta experiência, que muitas vezes precisa de anestesia? Podem agora vos dar conta do que se trata. Cada fio de tecido adere à carne viva: ao levarem a túnica, se laceram asterminações nervosas postas em descoberto pelas chagas. Os carrascos dão um puxão violento.

Como aquela dor atroz não provoca uma síncope?

O sangue começa a escorrer. Jesus é deitado de costas, as suas chagas se incrustam de pé e pedregulhos. Depositam-no sobre o braço horizontal da cruz. Os algozes tomam as medidas. Com uma broca, é feito um furo na madeira para facilitar a penetração dos pregos; horrível suplício! Os carrascos pegam um prego (um longo prego pontudo e quadrado), o apóiam sobre o pulso de Jesus, com um golpe certeiro de martelo o plantam e o rebatem sobre a madeira. Jesus deve ter contraído o rosto assustadoramente. No mesmo instante o seu pólice, com um movimento violento se posicionou opostamente na palma da mão; o nervo mediano foi lesado. Pode-se imaginar aquilo que Jesus deve ter provado; uma dor lancinante, agudíssima, que se difundiu pelos dedos, e espalhou-se, como uma língua de fogo, pelos ombros, lhe atingindo o cérebro. Uma dor mais insuportável que um homem possa provar, ou seja, aquela produzida pela lesão dos grandes troncos nervosos. De sólido provoca uma síncope e faz perder a consciência. Em Jesus não. Pelo menos se o nervo tivesse sido cortado!

Ao contrário (constata-se experimentalmente com freqüência) o nervo foi destruído só em parte: a lesão do tronco nervoso permanece em contato com o prego: quando o corpo for suspenso na cruz, o nervo se esticará fortemente como uma corda de violino esticada sobre a cravelha. A cada solavanco, a cada movimento, vibrará despertando dores dilacerantes. Um suplício que durará três horas.

O carrasco e seu ajudante empunham a extremidade da trava; elevam Jesus, colocando-o primeiro sentado e depois em pé; conseqüentemente fazendo-o tombar para trás, o encostam-se à estaca vertical. Depois rapidamente encaixam o braço horizontal da cruz sobre a estaca vertical. Os ombros da vítima esfregaram dolorosamente sobre a madeira áspera. As pontas cortantes da grande coroa de espinhos o laceraram o crânio. A pobre cabeça de Jesus inclinou-se para frente, uma vez que a espessura do capacete o impedia de apoiar-se na madeira. Cada vez que o mártir levanta a cabeça, recomeçam pontadas agudíssimas.

Pregam-lhe os pés. Ao meio-dia Jesus tem sede. Não bebeu desde a tarde anterior. As feições são impressas, o vulto é uma máscara de sangue. A boca está semi-aberta e o lábio inferior começa a pender. A garganta, seca, lhe queima, mas ele não pode engolir. Tem sede. Um soldado lhe estende sobre a ponta de uma vara, uma esponja embebida em bebida ácida, em uso entre os militares. Tudo aquilo é uma tortura atroz. Um estranho fenômeno se produz no corpo de Jesus. Os músculos dos braços se enrijecem em uma contração que vai se acentuando: os deltóides, os bíceps esticados e levantados, os dedos se curvam. Se diria um ferido atingido de tétano, presa de uma horrível crise que não se pode descrever. A isto que os médicos chamam tetania, quando os sintomas se generalizam: os músculos do abdômen se enrijecem em ondas imóveis, em seguida aqueles entre as costelas, os do pescoço, e os respiratórios. A respiração se faz, pouco a pouco mais curta. O ar entra com um sibilo, mas não consegue mais sair. Jesus respira com o ápice dos pulmões. Tem sede de ar: como um asmático em plena crise, seu rosto pálido pouco a pouco se torna vermelho, depois se transforma num violeta purpúreo e enfim em cianítico.

Jesus atingido pela asfixia sufoca. Os pulmões cheios de ar não podem mais esvaziar-se. A fronte está impregnada de suor, os olhos saem fora de órbita. Que dores atrozes devem ter martelado o seu crânio!

Mas o que acontece? Lentamente com um esforço sobre-humano, Jesus tomou um ponto de apoio sobre o prego dos pés.

Esforçando-se a pequenos golpes, se eleva aliviando a tração dos braços. Os músculos do tórax se distendem. A respiração se torna mais ampla e profunda, os pulmões se esvaziam e o rosto recupera a palidez inicial.

Porque este esforço? Porque Jesus quer falar: "Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem".

Logo em seguida o corpo começa afrouxar-se de novo, e a asfixia recomeça. Foram transmitidas sete frases pronunciadas por ele na cruz: cada vez que quer falar, deverá elevar-se tendo como apoio o prego dos pés, inimaginável!

Enxames de moscas, grandes moscas verdes e azuis, zunem ao redor do seu corpo; irritam sobre o seu rosto, mas ele não pode enxotá-las. Pouco depois o céu escurece, o sol se esconde: de repente a temperatura se abaixa.

Logo serão três da tarde. Jesus luta sempre: de vez em quando se eleve para respirar. A asfixia periódica do infeliz que está destroçado. Uma tortura que dura três horas. Todas as suas dores, a sede, as cãibras, a asfixia, o latejar dos nervos medianos, lhe arrancaram um lamento: "Meu Deus, meu Deus, porque me abandonastes?". Jesus grita: "Tudo está consumado!". Em seguida num grande brado disse: "Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito". E morre.

Extraído do Site http://www.atosdois.com.br/
Autor do artigo: Pr. Alexandre Farias é Consultor Teológico do Instituto Cristão de Pesquisa é Pastor, Palestrante e Conferencista, ministra sobre seitas e heresias , autor da Apostila Bruxaria para crianças - Realidade ou fantasia?

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Musical de Páscoa da UMADC!




Foi lindo amados!

Na noite de domingo (03/04) estiveram na igreja Sede os jovens da UMADC realizando o Musical de Páscoa "Incomparável"!

Foi maravilhoso ver os jovens nesse projeto e muito mais ver as vidas no momento do apelo se entregando ao Senhor!

Que Deus continue abençoando e capacitando os nossos jovens a realizarem muito mais em prol do Reino de Deus!

Parabéns a todos os que participaram!

bjs a todos

Amo vcs queridos

quarta-feira, 30 de março de 2011

DAMARES - LANÇAMENTO DO CD DIAMANTE

Olá queridos, Estivemos no sábado dia 26/03 em SP na Igreja Assembléia de Deus do Bom Retiro para o lançamento do CD Diamante da cantora Damares. Foi uma bênção! O Senhor se manifestou poderosamente! Segue pra vcs um Teaser do Lançamento! Deus abençoe a todos

segunda-feira, 28 de março de 2011

quinta-feira, 17 de março de 2011

Eu creio no poder da oração!



E agora mais do que nunca precisamos valer esse poder através de joelhos dobrados e corações quebrantados na presença do Senhor pra que Ele mesmo nos dirija e nos guie com sabedoria!
Somos povo santo...nação escolhida..sacerdote real...para executarmos os propósitos do Senhor aqui na Terra!
Eu creio que se, dobramos os nossos joelhos, o Senhor ouvirá do Céu...como Ele disse em Sua Palavra em 2 Crônicas 7.14: "Se o meu povo que se chama pelo Meu nome se humilhar, e orar e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos então Eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra."
Deus abençoe a todos....

quarta-feira, 2 de março de 2011

O FRUTO VEM DE DENTRO!



Oi amigos queridos,
Li essa mensagem e falou muito comigo....estou transcrevendo para compartilhar com vcs!

"O cristão não foi deixado na terra para ser exibido como uma planta ornamental. Ele foi plantado por Deus a fim de que produza fruto para Ele.

Na natureza, o fruto não é pendurado exteriormente num galho, como, por exemplo, uma bandeira é afixada a um mastro ou como um arranjo de flores é ajeitado num vaso. O fruto procede do interior – da própria árvore – para fora. Portanto, o fruto é inteiramente decorrente de uma relação viva e ininterrupta com a árvore.

O mesmo se dá com o fruto que Deus procura na vida de Seus filhos. Também esse fruto não surge em decorrência de coisas que se fazem ou de formas exteriores observáveis. O verdadeiro fruto para Deus procede da relação invisível que a alma mantém com Ele. Para o crente, a comunhão do coração com o Senhor é o ponto de partida e também a força para a produção do fruto.

Chama-nos a atenção que a Palavra de Deus fala mais freqüentemente do “fruto” que de “frutos”. Isso mostra que Deus não espera de seus filhos apenas boas obras específicas. Em vez disso, Deus quer que tudo o que fazemos (ou deixamos de fazer), todo o nosso comportamento e o nosso caráter sejam um testemunho uniforme da graça que temos recebido e do Espírito Santo, que habita em nós.

É isso que Deus espera de nós. Contudo, não temos a obrigação de produzir esse fruto por força própria, o qual é tão precioso para Deus, nem podemos faze-lo. Mesmo na natureza não é assim. O fruto não surge de um empenho especial e próprio: é um processo natural decorrente da relação vital com a árvore. O mesmo se dá conosco: importa cultivarmos a comunhão com o Senhor Jesus e permanecermos dia a dia, momento a momento, em viva conexão com Ele!"


Extraído da Revista Leituras Cristãs, Volume 44 – Nº 3



Autor: Hamilton Smith

domingo, 27 de fevereiro de 2011

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

O Guerreiro retorna ao Lar!



Queridos Irmãos,

É com extremo pesar que comunico o falecimento do querido Pr. José Pimentel de Carvalho, líder da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Curitiba/PR.
Sentiremos a falta dos ensinamentos preciosos e do exemplo de vida cristã do nossa amado pastor.
Que o Senhor console a família...e os nossos corações!
Fica a saudade e a certeza de que em breve nos encontraremos nas mansões celestiais quando Cristo vir nos buscar!

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Tarde de Bênçãos!

Oi amados, hoje à tarde participei do Círculo de Oração na minha congregação: Igreja Sede de Curitiba. Estava uma bênção! O Pr. Marcos Antônio da Silva foi o preletor e trouxe uma Palavra que veio de encontro aos nossos corações!
Devemos sempre ser gratos! Agradecer ao Senhor pelos momentos ruins e bons...
Como diz a Palavra em Filipenses 2 e 14...fazer tudo sem murmurações e nem contendas!
A nossa tendência é murmurar...reclamar...criticar...e corremos o risco de atrasar o recebimento da nossa bênção, da nossa vitória!
Ao invés de reclamar, vamos agradecer mais....contar as bênçãos que temos recebido do Senhor!
Eu tenho várias....tenho certeza de que vc tb tem...
Como diz uma canção bem conhecida: "POr tudo o que tens feito...por tudo o que vais fazer....te agradeço....."
super bj e que Deus abençoe a cada um

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Não desistir jamais!

Oi gentemmmm querida,

Estou de férias aqui na casa dos meus pais...férias curtas, é verdade, mas muito gostosas.
Eu e a Duda estamos podendo curtir e aproveitar de um cuidado maravilhoso e amor sem medida!
Obrigada Senhor!
E foi curtindo um momento de sossego que lendo a Palavra do Senhor, Deus falou muito comigo sobre a necessidade de não desistir jamais!
Li sobre Calebe, que esperou 45 anos para tomar posse da sua herança e ele disse que os seus braços estavam tão fortes quando na época em que lhe foi prometida essa herança, essa terra que agora tomava posse!
Vocês já pensaram?Ele tinha 40 anos quando Moisés lhe prometeu a terra e agora estava com 85 anos. Será que nós temos estrutura para suportar 45 anos de espera??E tudo isso sem murmurar??!
Ai, que lição aprendi com esse homem de Deus amados....
Se está demorando pra chegar, confie...mas nunca desista dos teus sonhos e das promessas de Deus para tua vida!
A tua hora vai chegar....é só louvar...é só buscar..incessantemente...
O nosso maior erro é que nós pedimos 1, 2 ,3 até 4 ou 5 vezes e depois cansamos....
Será que o Senhor não está me ouvindo??É claro que sim....temos que lembrar tb que as regiões celestes estão cheias de demônios tentando impedir que a nossa oração chegue diante de Deus!
Por isso ñão podemos desistir jamais!
Clamemos um pouco mais...busquemos um pouco mais e veremos a vitória chegar em nossas mãos!
Deus te abençoe poderosamente!
abraços,

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

2011...Ano da Colheita!


Olá amados!
Ontem estava meditando na Palavra de Deus e me deparei com o Salmo 46!
Que maravilhoso!
Fui ricamente edificada por essa Palavra que diz:
" Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia...pelo que não temeremos, ainda que a terra semude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.
Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza."
E continuei lendo e a partir do versículo 9 o Senhor falou tremendamente comigo. Li que:
..."Ele faz cessar as guerras até o fim da terra;quebra o arco e corta a lança;queima os carros no fogo.
Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre as nações; serei exaltado sobre a terra.
O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.!"
Tem dias que nos deparamos mesmo com as águas ruidosas e tempestuosas não é mesmo?Parece que o nosso barquinho tadinho vai naufragar de uma hora pra outra.
E por mais que saibamos que não estamos sós, nossa natureza humana, tão frágil e pequena tende a se sentir sufocada e quase morremos de tanto desespero.
Medo! Pavor! Pânico! Tudo isso pra nos deixar mais angustiados...
MAs de repente...caímos de joelhos e clamamos: "Jesus! Por favor, socorre-me!"
E Ele vem....na verdade Ele estava todo o tempo ali....pode ser que estava dormindo assim como no barquinho que os discípulos estavam quando a tempestade veio sobre eles!
E bastou uma Palavra: " Aquieta-te vento...acalma-te mar...." E foi suficiente para tudo voltar à normalidade!
E o que nos resta fazer então?
O que diz o Salmo 46 v. 10, aquietar-nos e saber que Ele é Deus!
Eu sei que é difícil ficar quieto quando a vontade da gente é sair correndo e fazer tudo acontecer mas...tenho aprendido que não é bem assim...é no tempo dEle..na hora dEle...quando Ele quiser vai acontecer...e enquanto isso eu somente louvo, adoro, agradeço!
Afinal, são tantas coisas para agradecer....todos os dias...Seu cuidado....Seu amor....Sua proteção....Sua paz...Sua bênção!
Eu proponho a você nesse dia maravilhoso que Ele fez pra nós: Vamos nos aquietar mais....confiar mais...esperar mais....afinal, não vai acontecer nada se Ele não quiser não é mesmo?
Ele está conosco!É o nosso refúgio....fortaleza....Socorro bem presente na angústia!!!
E ainda que tudo pareça o contrário.....a última palavra vem dEle:" Aquieta-te vento....acalma-te mar!!!"
Desejo pra vc e pra sua família, um 2011 cheio de bênçãos e vitórias em nome de Jesus!
Que nesse ano possamos colher os frutos que até agora plantamos e esperamos colher.....
um grande abraço,